Licitação de satélites da Anatel é arrematada por R$ 183,7 milhões

Telesat, Star e Hispamar ganham direito para explorar quatro posições de satélites no Brasil por até 30 anos.

A abertura de propostas de preços da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a exploração de quatro posições orbitais de satélites no Brasil foi arrematada por três empresas: Telesat, Star e Hispamar. A primeira, ganhou o direito de exploração de duas posições.

 

O objetivo das explorações, segundo a Anatel, é reforçar a infraestrutura de telecomunicações do país e as empresas vencedoras terão direito sobre as posições orbitais por 15 anos prorrogáveis uma única vez pelo mesmo período – ou seja, até 30 anos.

Os direitos foram licitados por R$ 183,7 milhões, com ágio médio de 69,55%. O resultado dos arremates foi: Telesat por R$ 42,5 milhões (ágio de 56,86%); Telesat, novamente, por R$ 46,8 milhões (ágio de 72,96%); Star Satellite por R$ 44,1 milhões (ágio de 62,77%) e Hispamar por R$ 50,3 milhões (ágio de 85,63%).

“Esta é a sétima licitação de direito de exploração de satélite realizada e a concorrência acontece devido ao interesse do mercado na exploração de satélites brasileiros”, informa a Anatel.

Compartilhe:

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com