Cisco lança telepresença ‘plug-and-play’ para aumentar adoção de vídeo

Solução é tentativa de recuperar resultado baixo da área em 2013.

A Cisco anunciou, na quarta-feira (12), uma solução de telepresença de baixo custo, na tentativa de aumentar as vendas nesse segmento. No resultado do trimestre anterior da companhia, terminado em janeiro passado, dos US$ 11.2 bilhões em receita, os produtos de vídeo representaram 8.6%. As vendas dessas soluções caíram cerca de 22%, em relação ao trimestre do ano anterior.

Cisco amplia oferta de virtualização em vídeo e mobilidade para operadoras

O problema apontado por analistas é que o mercado não está querendo pagar caro para ter soluções de videoconferência. “Nós temos sistemas que custam menos de US$ 1 mil e permitem a solução funcionar em uma sala. O problema é a experiência ruim”, admite Rowan Trollope, vice-presidente sênior do grupo de colaboração da Cisco, durante uma conferência para imprensa essa semana, ressaltando que como clientes é preciso fazer escolhas estratégicas.

O novo modelo anunciado pela empresa tem o design parecido com o display da Samsung ou com o Kinect, da Microsoft. Mas o sistema pode ser instalado facilmente, e por pessoas que não têm muita experiência com tecnologias.

A companhia espera que os set-tops no modelo SX10 tenham seus primeiros embarques para clientes ainda esse mês. O sistema de videoconferência não inclui uma tela, mas permite vídeo em HD. Segundo Snorre Kjesbu, vice presidente e gerente geral de telepresença, a solução custa o mesmo preço de um PC muito bom, US$3,999.

“Pelo preço de um computador, você pode ter uma solução plug-and-play que será instalada em 10 minutos ou menos”, disse Kjsbu. “Isso pode permitir uma qualidade muito boa para o mercado de pequenas e médias empresas, a preços amigáveis e basicamente tornar uma TV de tela plana em uma ferramenta de colaboração”.

*Com informações Fierce Enterprise Communications

Compartilhe:

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com