Akna

Cisco investe US$ 10 milhões em programa global de bolsas de estudo em segurança

Programa inicia em agosto deste ano. Empresa também lançou nova certificação para a área.

profissional-de-TIA Cisco lançou hoje um programa global de bolsa de estudos em segurança digital, chamado Global Cybersecurity Scholarship. Com um investimento de US$ 10 bilhões, a intenção da empresa é diminuir a escassez de profissionais de segurança, estimada em dois milhões de postos inocupados até 2019.

O investimento será feito ao longo de dois anos, enquanto a Cisco oferecerá capacitação, mentoria e certificação alinhados à função de um analista de segurança. O programa começará a ser oferecido em agosto de 2016 e contará com a ajuda de parceiros-chave.

As dez melhores tecnologias de segurança de 2016, segundo o Gartner

Para Jeanne Beliveau-Dunn, vice-presidente e gerente geral de serviços da Cisco, os CEOs freiam suas iniciativas de inovação por causa de preocupações com a segurança. “Isso gera uma demanda futura por um conjunto de habilidades que, atualmente, não existe em grande escala”, diz.

Segundo ele, o programa da Cisco vem para impulsionar o aumento de novos talentos e diversificar a indústria de segurança de TI. Beliveau-Dunn diz que o programa abrangerá qualquer pessoa, desde os mais velhos aos jovens iniciando suas carreiras, a fim de inspirá-los a entrar na profissão de segurança digital.

“Este é apenas um começo em termos de capacitação, treinamento e reeducação da força de trabalho de TI, para que eles possam se transformar nos profissionais de segurança necessários para resolver a atual escassez de talentos”, afirma.

Certificações

A Cisco adicionou uma nova certificação ao portfólio de segurança, a Ciber Ops, dirigida à função de analista de segurança que trabalha em um Centro de Operações de Segurança (SOC) para monitoramento e detecção de ataques. O curso apresenta aos profissionais de TI algumas das competências necessárias para trabalhar em um SOC, oferecendo conhecimento sobre como as respostas podem ser coordenadas.

Além disso, a empresa atualizou a certificação CCIE (Cisco Certified Internetwork Expert) em segurança, abordando novas competências em nível avançado e o conhecimento necessário sobre as novas ameaças, incluindo proteção avançada contra malware, virtualização, automação, entre outras.

 

Compartilhe: