Akna

Projeto visa promover inovação para o mercado de seguros

Idealizado pela Confederação Nacional das Seguradoras, Programa MAR proporcionará às startups contato direto com empresas consolidadas do setor.

Cada vez mais a tecnologia vem ajudando a reduzir os custos operacionais das empresas e, ao mesmo tempo, aumentando a receita de seus negócios. Com o objetivo de fomentar o mercado de seguros, A CNseg – Confederação Nacional das Seguradoras- apresentou durante o CIAB FEBRABAN 2018 o Programa MAR, um projeto de inovação. A ideia é apoiar startups que tenham projetos inovadores no setor de seguros. As empresas interessadas precisam estar devidamente formalizadas, constituídas como PJ. A confederação ajudará as startups selecionadas, por meio de parcerias com instituições, com apoio técnico e aporte financeiro para acelerar os negócios.

O programa também proporcionará às startups contato direto com organizações consolidadas do mercado de seguros, com intuito de que essas companhias já desenvolvidas possam contribuir com suas expertises, além de consumir as novas soluções das empresas nascentes.

Segundo Alexandre Leal, diretor técnico da CNseg, a confederação sabe e reconhece a importância de incentivar a inovação para o mercado de seguros e já trabalha há um bom tempo com esse intuito. “Dentro da CNseg há vários públicos que discutem a questão da inovação, como comissão de inteligência de mercado, que conta com representantes de diversas seguradoras. Só no ano passado essa comissão desenvolveu uma série de estudos que ajudam no debate nas questões relacionadas à inovação, utilização de novas tecnologias e criação de novos produtos”,

Para acelerar o Programa Mar, a CNseg conta com ajuda da Darwin Startups, aceleradora de startups e uma comunidade de inovação, que oferece um ecossistema tecnológico para as startups selecionadas pela Confederação Nacional das Seguradoras.

“Analisamos o produto e serviço apresentado pela startup, a equipe de empreendedores que fazem parte do projeto, público-alvo, tamanho do mercado em que startup pretende atuar, além da maturidade do empreendimento. Queremos que as empresas já tenham pelo menos alguma viabilidade inicial de estágio. A partir disso, a CNseg oferece apoio técnico, financeiro e contato com outras empresas referências da área do seguro”, explica, Leal.

 

Compartilhe: