Akna

Serviço de Wi-Fi se consolida como ferramenta para fidelizar clientes

Ao acessarem o serviço, os visitantes entram para um banco de dados, que chega a disponibilizar para o estabelecimento um “mapa de calor”, que mostra os ambientes mais frequentados no local.

Em tempos de smartphones, tablets e notebooks, os consumidores buscam facilidade para falarem pelas redes sociais, verem notícias, trabalharem e fecharem negócios. De olho na tendência, os estabelecimentos que oferecem Wi-Fi têm conseguido fidelizar clientes, elevar os lucros e ter um panorama preciso da movimentação dos visitantes no ambiente.

Não é só pela praticidade e comodidade oferecidas, que esta ferramenta já bastante difundida, vem ganhando importância na estratégia empresarial. O serviço de Wi-Fi passou a ter nova aplicação. Agora, é uma ferramenta precisa na comunicação personalizada com os clientes.

Ao visitar um shopping, por exemplo, os visitantes, ao acessarem o Wi-Fi, passam a abastecer um banco de dados com importantes informações para o desenvolvimento de ações de Marketing e Comerciais. Trata-se de algo bastante refinado, já que chega a oferecer um “mapa de calor”, que mostra os ambientes mais frequentados no local.

Por meio do Wi-Fi é possível oferecer cupons promocionais para cadastros feitos pela primeira vez. Assim, além de aumentar a base de dados, é possível cultivar o relacionamento. Outro ponto interessante é que com os check-ins no Facebook, a fanpage corporativa é movimentada na rede social.

Com o sistema, é possível ainda captar e armazenar dados de cadastros para serem utilizados pelo time de Marketing da empresa. Outra vantagem é a integração de cadastros, o que possibilita o monitoramento da frequência e o ticket médio de cada cliente, descobrindo informações como o gosto e o que costuma comprar.

O Wi-Fi ainda fornece dados para a criação de campanhas de incentivo personalizadas de acordo com o perfil de gastos dos clientes, já que para a permissão do acesso, a ferramenta possui campos personalizáveis, como sexo, faixa etária e endereço.

Governo de SP promete instalar WiFi e banda larga em todas as 5 mil escolas estaduais

O papel do Wi-Fi não termina por aí. Os empreendimentos podem aumentar a exposição da marca direcionando os usuários para as redes sociais do próprio negócio, enviando SMS, criando listas de transmissão no WhatsApp ou mesmo personalizando a rota de acesso. Tudo para valorizar a exposição da marca ao usuário.

Depois de armazenar e segmentar os e-mails, é possível ainda criar campanhas personalizadas, como e-mail marketing, informando sobre o lançamento de novos produtos ou mesmo uma promoção pontual exclusiva.

Uma verdadeira enxurrada de informações para estimular as vendas. Com o acesso do Wi-Fi, o cliente pode receber novidades e descontos, visualizar banners e até campanhas de comunicação. Tudo para fidelizar os clientes e estimular o retorno ao estabelecimento. O Wi-Fi Marketing também permite automatizar atividades de contato junto à base de dados, com envio programado de cartões de aniversário e mensagens especiais.

As vantagens não param por aí. É possível ainda fidelizar clientes configurando pesquisas para entender melhor preferências e hábitos de consumo dos visitantes.

A oferta do serviço Wi-Fi no Brasil

A Linktel registrou em 2016 um crescimento de 100% no número de acessos e 250% em usuários, se comparado ao ano anterior. Foram mais de 37,81 milhões de acessos e 6,54 milhões de usuários únicos. Os locais das redes Wi-Fi mais acessados foram os shopping centers, cafeterias e aeroportos da Infraero, representando 70% do total de acessos.

Os meses com maior volume de acessos foram Julho e Agosto, devido à realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, no qual a Linktel contribuiu para a conectividade a partir de mais de 1.200 pontos de acesso na Orla, incluindo Copacabana e nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

Ainda em 2016, a operadora brasileira chegou à marca de nove milhões de usuários cadastrados em seus serviços, desde 2011, além de contabilizar mais de seis mil hotspots da empresa espalhados pelo Brasil, especialmente em aeroportos, shopping centers, cafeterias, hotéis e restaurantes.

 

Serviço, Wi-Fi, ferramenta, fidelização, cliente

 

Compartilhe: