Akna

TIM vai unificar dado de 70 milhões clientes

Operadora selou contrato com a Ericsson e vai iniciar o processo por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, sendo expandido para todo o país posteriormente; projeto inclui a implementação e a consolidação das bases de dados de todas as tecnologias – 2G, 3G e 4G –, incluindo o VoLTE e outros serviços integrados.

A TIM fechou contrato com a Ericsson para integrar a base de dados dos 70 milhões de clientes que possui no Brasil. Previsto para acontecer em cinco anos, o projeto inclui a implementação e a consolidação das bases de dados de todas as tecnologias – 2G, 3G e 4G, incluindo o VoLTE e outros serviços integrados da operadora.

TIM reformula portfólio de telefonia fixa

São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba serão as primeiras praças a serem integradas, dentro do projeto que também inclui a virtualização dos elementos de rede. A Ericsson também oferecerá um pacote de serviços, que vão desde design e integração de rede até treinamento e suporte ao cliente.

Além de oferecer mecanismos de proteção dos dados e garantia de confiabilidade, a solução da Ericsson vai entregar ferramentas de resiliência e redundância.

O recurso prevê ainda uma solução exclusiva de proteção de sobrecarga e gerenciamento de capacidade, que permite um controle de congestionamento fim a fim por meio de um mecanismo de cooperação em tempo real entre os diferentes elementos de rede virtualizados.

Reconhecida por suas soluções de SDM (Subscriber Data Management) para a arquitetura de camada de dados, a Ericsson já disponibiliza o serviço para mais de 140 operadoras em todo o mundo, que totalizam mais de 4,7 bilhões de assinantes.

Compartilhe: