Akna

Axis ignora alta do dólar e não altera tabela de preços

Com os preços praticados em reais, a companhia consegue manter estabilidade no atendimento ao mercado brasileiro.

A alta do dólar exige mais planejamento das empresas. Com filial no Brasil, a sueca Axis Communications, líder de mercado de vídeo em rede, optou pela importação direta para atuar no mercado de videomonitoramento, mantendo o preço dos produtos. A medida é possível graças à colaboração da matriz, que entende que a competitividade no Brasil passa por um suporte em caso de variações cambiais muito fortes. Com os preços praticados em reais, a companhia consegue manter estabilidade no atendimento ao mercado brasileiro.

Para aumentar vendas, Axis muda operação no Brasil

“A alta do dólar pode levar alguns clientes a postergarem seus projetos por acharem que o custo será afetado. Essa lógica não é válida nosso caso porque o nosso processo de importação mantém a competitividade dos distribuidores. A Axis consegue manter os mesmos preços praticados há um ano justamente por controlar todo o processo de importação e oferecer os produtos aos clientes com uma tabela de preços em reais”, afirma Alessandra Faria, diretora da Axis para a América do Sul.

Compartilhe: