Cisco quer doar plataforma de conectividade para digitalização de escolas em SP

Iniciativa visa aprimorar a infraestrutura de conectividade das escolas públicas na cidade de São Paulo, viabilizando o desenvolvimento de modelos inovadores na educação, assim como, o estímulo à inovação, colaboração e criatividade entre estudantes e profissionais do ensino.

A Cisco anuncia sua intenção de doar parte dos equipamentos utilizados nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, à cidade de São Paulo. Os equipamentos serão utilizados na transformação digital das escolas públicas e laboratórios educacionais.

Aliança latinoamericana vai financiar projetos de digitalização do ensino na região

“Conectividade é essencial para viabilizar um novo modelo de educação, mais colaborativo, mais ágil, mais global. Esta iniciativa é um passo importante na materialização desta visão para a cidade de São Paulo e para o Brasil”, explica Laercio Albuquerque, Presidente da Cisco Brasil.

Segundo a prefeitura, esta iniciativa impactará positivamente mais de 1.000 escolas, 640 mil estudantes e 46 mil professores da rede de ensino da cidade de São Paulo. O apoio de grandes empresas do setor de tecnologia, como a Cisco, é extremamente relevante para que sejam atingidos objetivos traçados para a modernização da educação no município de São Paulo.

Esta proposta de doação está em linha com uma das principais iniciativas globais da Cisco no setor de educação e empregabilidade, o programa Networking Academy. Com mais de 1 milhão de alunos matriculados no mundo, sendo treinados em tecnologia e preparados para uma nova carreira profissional no setor de TI, o programa é um dos pilares da visão de responsabilidade social da empresa.

O programa conta hoje com mais de 300 academias e 200.000 alunos matriculados por todos os Estados no Brasil, reforçando o compromisso da empresa com o país e com a área de Educação.

Compartilhe: