Akna

Empresa cria tecnologia de biometria facial para controlar cursos a distância

Solução permite que instituições de ensino acompanhem a presença dos alunos durante aulas e provas.

Recentemente, o Ministério da Educação (MEC) definiu novas normas para o credenciamento de instituições e oferta de cursos de ensino superior, estabelecendo que os estudantes possam realizar avaliações de qualquer lugar, desde que a universidade garanta a identificação desse aluno por meio de ferramentas tecnológicas.

Pensando nisso, a FullFace, startup brasileira que criou algoritmo próprio, está apostando em sua solução de reconhecimento biométrico facial Web e Mobile para o mercado de ensino a distância, garantindo a identificação dos discentes durante aulas e avaliações por meio de seu sistema que assegura 99% de acurácia para seus clientes.

Com velocidade de reconhecimento de menos de um segundo, a ferramenta trabalha na nuvem e determina um CPF facial para cada indivíduo. Com tecnologia inovadora, a solução da FullFace mapeia 1024 pontos da face, garantindo maior precisão no reconhecimento biométrico individual com uma velocidade de processamento muito superior e baixo consumo de memória.

Microsoft oferece cursos online gratuitos em português

“Nosso reconhecimento facial é feito por meio de uma API que pode estar em qualquer aplicativo mobile ou página da web, o que facilita a vida do estudante que pode acessar o sistema da faculdade de qualquer lugar, basta ter apenas uma webcam ou utilizar a câmera do próprio celular”, explica Danny Kabiljo, CEO da FullFace.

No mercado, existem outras opções que possibilitam o reconhecimento dos alunos, como por exemplo, biometria digital, identificação por retina, íris e voz. Porém, são alternativas que não possibilitam interações automáticas, o que as encarecem e inviabilizam a implementação. Além disso, essas ferramentas interferem na rotina dos indivíduos, dificultando a utilização no dia a dia. A solução de biometria facial vem exatamente para facilitar a vida do estudante, já que pode ser implementada em qualquer dispositivo web ou mobile.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe: