Akna

HPE renova portfólio para ganhar relevância em transformação digital

No ano em que completa 50 anos de operação no Brasil, fabricante comandada por Ricardo Brognoli reempacota produtos e serviços em três pilares Hybrid IT, Intelligent Edge e Services. O objetivo da companhia é reconquistar o crescimento, acompanhando a jornada da de transformação digital dos clientes – SMB e grandes corporações.

Uma jovem senhora. No ano em que completa 50 anos de Brasil, a HPE está em meio ao processo de alinhamento da operação local com os negócios globais. A empresa acaba de descolar em definitivo a operação de outsourcing (DXC) e reformulou integralmente a operação, agora organizada em três pilares: Hybrid IT, Intelligent Edge e Services.

HPE Enterprise Services e CSC iniciam operação unificada sob a marca DXC Technology

O primeiro pilar – Hybrid IT – tem o objetivo de entregar aos clientes infraestrutura de processamento para o mundo híbrido; Intelligent Edge, a HPE utiliza as soluções de conectividade da Aruba para captar de tratar dados antes do armazenamento; e por fim, a área de Serviços foi rebatizada como HPE.Next, para assumir os serviços de implementação, suporte e manutenção da infraestrutura fornecida pela fabricante.

Nesta entrevista exclusiva para o Portal IPNews, Ricardo Brognoli, novo presidente da HPE Brasil, também comenta o resultado de 13% obtido pela companhia em nível global, justificado pela oscilação de importantes moedas ao redor do mundo, além do processo de incorporação de diferentes marcas, em áreas como storage, big data e segurança.

Agora a palavra de ordem dentro da HPE é crescimento. Estrategicamente posicionado, o Brasil se mantém no ciclo de investimentos da HPE, segundo ele, especialmente em fabricação e nos programa de Pesquisa & Desenvolvimento.

“Dado a Lei de Informática, investimos R$ 550 milhões no Brasil nestes 50 anos”, calcula Brognoli. Segundo ele, a companhia continuará investindo localmente, mesmo neste período de recessão da economia. Assista entrevista concedida no escritório da HPE Brasil.

Compartilhe: