Akna

Prefeitura de Salvador otimiza infraestrutura de TI para buscar novos profissionais

Implementação Brasoftware, que garantiu mais de 9 mil inscrições na seleção de motorista, já está sendo replicado em outras áreas como Engenharia, Arquitetura e Saúde.

Em maio deste ano, a Cogel, Companhia de Governança Eletrônica de Salvador, foi chamada pela SEMGE, Secretaria de Gestão, para solucionar uma demanda de tecnologia da Prefeitura Municipal de Salvador. A administração municipal estava prestes a lançar um processo seletivo para a contratação de motoristas, mas enfrentava um impasse: sua infraestrutura de TI limitada, que precisava ser aprimorada para atender o grande número de inscrições.

Para este desafio, a Cogel decidiu adotar a solução em nuvem Azure da Microsoft e contou com a Brasoftware como parceiro na consultoria e implementação do projeto. Implementado em uma semana, o sistema de cloud computing permitiu a hospedagem do processo seletivo para as 68 vagas de motorista de forma ágil e estável, contabilizando 9.419 inscrições realizadas no mês de maio.

Brasoftware fecha 2014 com faturamento 39% maior

O sucesso da plataforma foi aproveitado para seleções de outros cargos. Em junho, ainda foi possível criar o processo seletivo para a área de Engenharia e Arquitetura e, em julho, para a área da Saúde. “Recebemos da Secretaria Municipal de Gestão a solicitação para subir o concurso no portal da melhor maneira possível. O trabalho da Brasoftware possibilitou a hospedagem também de outros concursos além do de motorista, como o de engenheiros civis, arquitetos e urbanistas, que recebeu mais de 900 inscritos, e para médicos do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com mais 300 inscrições realizadas”, informa Cláudio Maltez, Diretor de Tecnologia da Cogel.

Disseminação no setor público

O procedimento foi responsável por intensificar a relação do poder público com a Brasoftware. “A implantação agradou a todos dentro da Prefeitura”, disse Alberto Braga, Presidente da Cogel, comentando ainda sobre o surgimento de uma nova visão de mercado para futuros ajustes dentro da infraestrutura de trabalho. “Questionamos o quão necessário será a expansão para o uso de datacenter a partir de agora, levando em consideração que a nuvem ocupou o seu lugar e consegue suprir todas as demandas de forma ágil e segura. Desta forma a solução é aliar os datacenters existentes com a capacidade de expansão in cloud”.

 

 

Compartilhe: