Após fechar capital, Polycom aposta na massificação da videoconferência

Nesta vídeo-entrevista exclusiva, Pierre Rodriguez, vice-presidente da Polycom para a América Latina, fala sobre o fechamento do capital da companhia e os planos do novo controlador, o fundo de venture capital Siris, que tem a massificação da videoconferência como base do crescimento.

A Polycom vai adotar como mantra a massificação dos serviços de colaboração nos próximos anos. A empresa foi incorporada pelo fundo de investimento Siris Capital, em setembro do ano passado, e agora com o capital fechado, acredita ter liberdade para plantar e colher os frutos da colaboração como serviço a médio e longo prazos.

Nesta vídeo-entrevista concedida com exclusividade ao Portal IPNews, Pierre Rodriguez, vice-presidente da companhia para a América Latina, revela que o novo investidor quer uma composição de resultado/volume, e definiu como estratégica a massificação do vídeo nas organizações.

Como empresa de capital fechado, a Polycom deixa de ter compromisso com as metas trimestrais, podendo trabalhar com mais cuidado e com mais tempo a oferta de soluções em nuvem, permitindo não só a redução de custos mas uma contratação mais flexível para as empresas.

“Com o cloud, conseguimos chegar a empresas de médio e pequeno porte, um público que antes não tinha acesso às ferramentas de colaboração corporativas”, diz Pierre Rodriguez. Como exemplo, ele cita a integração das soluções da Polycom com as ferramentas Microsoft Office 365. Assista à entrevista concedida no escritório da Polycom, em São Paulo.

Compartilhe:

Post Comment

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com