Akna

Companhia chinesa, rival do Uber, compra 99 e valoriza empresa para US$ 1 bilhão

Negócio colocou startup brasileira na categoria de unicórnio, devido ao seu valor. 

Na última semana, a plataforma chinesa de transporte Didi Chuxing adquiriu a 99 Táxi, aumentando assim sua atuação no mercado sul-americano e a força para concorrer com o Uber na região. A Didi, que já tinha uma participação no valor de US$ 100 milhões na startup brasileira, assumiu o controle de 14 milhões de clientes e 300 mil motoristas cadastrados da 99.  

O valor da transação não foi revelado, mas a avaliação da companhia chinesa é de que a 99 chegou ao valor de US$ 1 bilhão, o que transforma a startup no primeiro unicórnio brasileiro, que são empresas com este valor de mercado. 

Segundo comunicado da Didi, a compra marca uma nova etapa na internacionalização da companhia, uma prioridade da empresa. Já a 99, em entrevista ao jornal Financial Times, acredita que o negócio vai aumentar a capacidade de expandir os seus serviços pelo Brasil e oferecer melhorias aos usuários. 

Este é mais um dos passos da Didi para aumentar seu mercado global. Com cerca de 400 milhões de usuários, a empresa comprou participação na empresa indiana de reserva de táxi Ola e na Lyft, rival do Uber nos Estados Unidos, em 2015. A chinesa ainda tem mercado na Europa, onde atua através de parceria Taxify. 

Na China, a Didi comprou as últimas operações do Uber no ano passado e diz controlar 90% do mercado local. A companhia arrecadou, no início de 2017, US$ 5 bilhões e outros US$ 4 bilhões, no final do ano passado, para financiar sua expansão. O valor da empresa pode chegar a US$ 56 bilhões, segundo fontes da AFP.

Compartilhe: