Akna

Solução acelera a implantação de infraestrutura definida por software

Nova versão traz maior interoperabilidade, escalabilidade e flexibilidade para acelerar a transformação de TI e enfrentar os desafios dos negócios atuais.

A SUSE, pioneira em software open source, anuncia o lançamento do SUSE OpenStack Cloud 8, sua mais recente plataforma de computação em nuvem OpenStack. Baseado na versão Pike, a solução integra o que há de melhor no OpenStack Cloud e na tecnologia OpenStack da HPE, cujos ativos foram totalmente adquiridos pela SUSE no ano passado. Além de acelerar a implantação de infraestrutura definida por software, a nova versão proporciona uma melhor interoperabilidade, escalabilidade e flexibilidade para agilizar a transformação de TI, mudança necessária para que os clientes conquistem o mercado e tracem futuros desafios.

A ferramenta junta-se a um portfólio de soluções desenvolvidas em colaboração com clientes, parceiros e comunidades de código aberto para oferecer inovação confiável, que ajuda a simplificar a transformação e reduzir o custo.

Para ajudar os clientes com a implementação do SUSE OpenStack Cloud, o SUSE Select Services está agora disponível. Com preço fixo e uma oferta flexível que combina consultoria, suporte premium e transferência de conhecimento técnico, o serviço permite que os clientes obtenham o retorno do investimento em nuvem privada mais rapidamente.

As melhorias no SUSE OpenStack Cloud 8 incluem:

  • Maior flexibilidade para os clientes com total apoio para OpenStack Ironic, que disponibiliza a capacidade para fornecer fácil e rapidamente servidores bare metal para usuários finais, que desejam implantar uma carga de trabalho em uma máquina física em vez de uma instância de máquina virtual em um hypervisor;
  • Interoperabilidade expandida com o novo suporte para VMware NSX-V para rede definida por software (SDN);
  • Escalabilidade aprimorada para oferecer suporte a grandes implantações;
  • Suporte para OpenStack Freezer, providenciando recursos distribuídos de backup/restauração da plataforma DRaaS (sigla em inglês para “Recuperação de desastres como serviço”) para clientes que desejam automatizar backup e restauração de dados;
  • Duas opções de ferramenta de ciclo de vida para implantar, manter e atualizar ambientes OpenStack, incluindo a ferramenta crowbar e a ferramenta de gerenciamento de ciclo de vida em nuvem baseado em Ardana;
  • Suporte de ciclo de vida estendido em três anos, com o objetivo de acomodar os prazos de manutenção e implantação;
  • Solução de monitoramento de nível enterprise totalmente dimensionável e integrada, que simplifica o monitoramento e gerenciamento de ambientes de nuvem com cargas de trabalho do SUSE OpenStack Cloud.

 

 

Compartilhe: