Akna

Aruba é certificada pela Commom Criteria em soluções de controle de acesso à rede

Solução ClearPass é a primeira do setor a receber certificação em cibersegurança.

A Aruba, empresa de soluções de conectividade da Hewlett Packard Enterprise (HPE), anunciou que sua solução ClearPass recebeu a certificação Common Criteria para soluções de controle de acesso à rede em duas categorias. O certificado é baseado nas normas ISO/IEC e concedida pela National Information Assurance Partnership (NIAP).

Mobilidade é alvo da Aruba para abrir portas a novos projetos de conectividade

A Aruba ClearPass foi validada por um laboratório independente para garantir sua conformidade com os rígidos padrões de cibersegurança do governo e do órgão de defesa. Ela é a primeira a receber a certificação como um servidor de autenticação.

A solução garante às equipes de TI a capacidade de definir o perfil, autenticar e autorizar usuários, sistemas e dispositivos de forma inteligente para o acesso aos recursos de rede e TI. A Common Criteria serve como uma garantia do fornecimento de produtos de cibersegurança certificados para as agências governamentais e as empresas privadas.

Uma certificação ganha pela ClearPass foi para a categoria Network Device Collaborative Protection Profile, depois de concluir testes que avaliaram situações de ameaças do mundo real, cobrindo todos os aspectos do controle de acesso, incluindo criptografia, segurança física, validação de certificados e processamento, além do processamento TLS/SSL. O NDcPP representa a segurança básica de qualquer dispositivo ou sistema conectado à rede.

A outra categoria vencida foi a Extended Package for Authentication Server, que avalia a funcionalidade específica para os servidores de autenticação RADIUS. Ela também qualifica a solução ClearPass para que seja incluída na lista de produtos aprovados do programa Commercial Solutions for Classified (CSfC) da Agência Nacional de Segurança dos EUA.

O Common Criteria é um padrão global usado na avaliação dos produtos de segurança para agências governamentais e empresas do setor privado. As certificações são mundialmente reconhecidas por 28 nações; os produtos certificados em um país são reconhecidos nos outros países.

Compartilhe: